Na noite desta segunda-feira (05) um homem identificado como Jamerson Freitas, de 23 anos, estava passeando com o filho na Avenida Beira Mar, no bairro do Coroado, quando encontrou em meio ao lixo, o corpo de um jacaré de aproximadamente 1,5m, que estava com marcas de agressão na região da cabeça.

A polícia foi acionada mas informou que não fará a remoção do corpo do animal e orientou os moradores a enterrarem o bicho.

Os autores da morte do Jacaré não foram identificados, mas o caso pode ser considerado um crime ambiental conforme a Lei nº 9.605 de 12 de Fevereiro de 1998, que pune quem matar, perseguir, caçar, apanhar, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente. Podendo ter detenção de seis meses a um ano, e multa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui